LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO NAMORO APARECIDA CASAMENTOS CORRUPÇÃO EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES COMUNICADOS CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ POBREZA PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS CEBs CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI SANTOANTÔNIO SANTUÁRIOS TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SOLIDARIEDADE UMUARAMA UNIDADE  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas HOMENAGENS MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Junte sua voz contra a pobreza


Comissão da Famvin - Família Vicentina Internacional, reunida em Roma com o objetivo de vencer a pobreza nos Cinco Continentes

    No início de novembro de 2013, esteve reunida na casa da Congregação da Missão (Padres Vicentinos) em Roma, a Comissão de Câmbio Sistêmico - Mudança de Estruturas. Nesta reunião (v. foto) participaram os seguintes membros: Robert Maloney, CM - EUA; Giuseppe Turati, CM - Itália; Jim Claffey, SSVP - EUA; Mizaél Donizetti Poggioli, CM - Brasil; Joe Foley, CM - EUA; Kerry Anthony, DePaul International - Irlanda; Patrícia de Navas, AIC - EUA; Ir. Teresa Mueda, FC - Filipinas. E como colaborador no serviço de tradução o Pe. Shijo Kanjirathamkunnel, CM - Índia. Esta Comissão tem por objetivo impulsionar os projetos que a Família Vicentina desenvolve, com foco na Mudança de Estruturas para vencer a pobreza nos Cinco Continentes.

    É importante destacar os conceitos básicos na primeira publicação desta Comissão em seu livro: Sementes de Esperança. Ali está bem explicado o que vem a ser Mudança de Estruturas: “Em sua essência um sistema é um todo, um composto unificado de coisas que funcionam juntas. O sistema funciona através da interação de suas partes, e de fato é maior que a soma de suas partes. Ao interagir com as partes, influenciam umas nas outras continuamente, para o bem ou para o mal.

    Por exemplo: os físicos e os astrônomos olham o universo como um sistema. Se uma estrela explode todas as coisas no universo sentem o efeito desta explosão. A ciência médica olha o corpo como um sistema. Um rim enfermo afeta o sangue, e o sangue enfermo afeta os demais órgãos. Se rompe o tendão, sentirei dor e a dor afetará o meu estar em geral, inclusive o meu caráter. Isto afetará o trato com os demais. O tendão rompido afetará também de maneira negativa o meu modo de andar. Como consequência, a coxa e a coluna começarão a incomodar também. Com um tendão rompido e coluna que dói pode ser que sinta também dor de cabeça ou mal humor. Tudo isto afetará meu modo de trabalhar e a maneira de me relacionar com os outros.

    A sociedade é um sistema. Se os elementos que influenciam na vida da gente dentro do sistema (a família, o trabalho, a alimentação, o cuidado com a saúde, a educação, os valores morais, etc...) funcionam de modo positivo, a condição de vida melhora. Se falha um ou vários destes elementos, o sistema inteiro começa a entrar em pane. Um exemplo de como funciona a mudança de estruturas: Todos vivemos no interior de um sistema econômico cujos elementos interagem uns com os outros. Se o sistema funciona bem, favorece o desenvolvimento da pessoa. Se não funciona bem, impede o crescimento e acelera a deterioração. Se, por exemplo, não tenho um trabalho, não ganho dinheiro. Se não ganho dinheiro, não posso comprar comida para minha família. Se meu filho não tem comida suficiente, sofrerá de desnutrição. Se sofre de desnutrição, não estudará bem. Se não estuda bem, não receberá o diploma escolar. Se não recebe o diploma escolar, talvez não consiga um trabalho. Se não consegue trabalho, não ganhará dinheiro. E deste modo o círculo começa novamente.

    Critérios para projetos de mudança de estruturas: como se pode ver na descrição e nas ilustrações que foram apresentadas até o momento, nem todo projeto inclui mudança de estruturas. Muitos projetos excelentes são para necessidades urgentes e imediatas, porém não vão além. O que separa um projeto de mudança de estrutura destes projetos são as seguintes características:

1. Um impacto social de longo alcance. Esta é a característica principal da mudança de estrutura; ou seja, o projeto ajuda a mudar a dinâmica da situação daqueles que tenta beneficiar.

2. Sustentabilidade. O projeto ajuda a criar estruturas sociais necessárias para uma mudança permanente na vida dos Pobres, tais como emprego, educação, moradia, acesso a água potável e comida suficiente e a participação na liderança local.

3. Extensão. Em concreto, este aspecto significa que o projeto se estendeu de fato além do seu contexto inicial e foi colocado em prática com êxito em outros contextos no lugar onde começou, seja através das mesmas pessoas que o iniciaram ou por outros que assumiram os elementos do projeto original.

4. Repetitividade. O projeto pode ser adaptado para resolver problemas semelhantes em outros lugares. A filosofia ou a espiritualidade que serve de base ao projeto, as estratégias empregadas e as técnicas que se utilizam podem ser aplicadas em circunstâncias diversas.

5. Inovação. O projeto produziu uma mudança social significativa, transformando práticas tradicionais. A transformação se deu através do desenvolvimento de uma ideia capaz de mudar as formas sociais anteriores e sua colocação na prática.

    Quando falamos de mudança de estruturas, existe uma distinção fundamental que é importante de se levar em conta. A assistência imediata aos Pobres e a mudança de estruturas não são opções exclusivas que tenham que ser levadas em conta ou não. Ou seja, tanto uma quanto a outra são opções imperativas. Isto quer dizer que existem ocasiões em que devemos dar assistência imediata aos Pobres. Quando alguém que está morrendo de fome nos pede ajuda, obviamente não podemos dizer a ele: “Sinto muito amigo, não posso lhe dar de comer. Estou interessado somente em projetos de mudança de estruturas”.

    É claro que quando existem necessidades urgentes como a fome ou desastres naturais, devemos ajudar os que estão vivendo nestas condições. Porém, isto não é suficiente. Também devemos procurar discernir as causas de sua pobreza e encontrar soluções à longo prazo. Por isso, a assistência imediata e a mudança de estruturas são diferentes, porém vinculadas e imperativas.

    Você está convidado a ler o livro Sementes de Esperança: Histórias de Mudanças de Estruturas. Adquira com o padre Mizaél: Fone (11) 99683-8785 (São Paulo) ou http://mizaelpoggioli.blogspot.com 

Fonte: Website dos padres vicentinos de Salamanca – Espanha. Traduzido do espanhol para o português por Joelson Cezar Sotem, CM

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47