LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO NAMORO APARECIDA CASAMENTOS EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES COMUNICADOS CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ POBREZA PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI SANTOANTÔNIO SANTUÁRIOS TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SOLIDARIEDADE UMUARAMA UNIDADE  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas HOMENAGENS MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

De tesoureiro em tesoureiro... o PT tenta sair da lama existente no fundo do poço


Leia o artigo do professor Paulo Ghiraldelli:
    O PT vai para o segundo tesoureiro preso. Qual a atitude do partido? Na vez anterior, com Delúbio, Lula primeiro disse que iria “cortar na carne”, depois, entusiasmado com o êxito do marketing de seu governo no exterior, inventou de querer dar uma de Stálin: vamos apagar a história. E aí saiu com aquela de dizer “vou provar que o mensalão nunca existiu”. Mas existiu e Barbosa, nomeado por Lula para o STF, colocou Delúbio e a quadrilha petista na cadeia. Barbosa havia se criado no tempo de um PT que Lula prometia que seria honesto.

    Agora é a vez de Moro, não mais de Barbosa, fazer justiça e ganhar da militância petista não  “obrigado pelo aprendizado”, mas um revide suicida igual ao feito da vez anterior. Mas o roteiro é o mesmo. Dilma dizia até poucos dias atrás que iria apurar até o fim; bem, o fim é este: a cunhada do atual tesoureiro do PT fugiu. Vaccari é o Delúbio da vez. Até a postura e a barba, a falsa tranquilidade e a carinha de “soldado do partido” é igual. Na cúpula, todo o PT, que se elegeu com o dinheiro recebido por ele, se requebra mas cumpre o pacto de sangue: “quem for pego e for petista não deda o outro e vai para o sacrifício”. Ser tesoureiro era isso. Ser tesoureiro é isso. Ser petista virou isso. Não há perfume de Paris que faça alguém ficar na sede do partido mais que cinco minutos.

    O PT acredita que Lula tem poderes demiúrgicos. Que sai às ruas e domina o povo. Acredita que a máquina de propaganda que se finge de jornalismo, montada pelo “banana” Luís Nassif com o nosso dinheiro, consegue reverter qualquer má reputação do partido. Trata-se de uma máquina que vende a imagem de ser poderosa, e e´ mesmo, pois conta mentiras que são depois tomadas por verdade até pelos petistas que mandaram contar as mentiras! Aliás, faz parte da história de partidos políticos assim, burocratizados e gangsterizados, gerarem uma militância que acredita na mentira que é sabidamente mentira. A vontade do auto-engano é de um silêncio ensurdecedor.

    Com isso o PT não só vai se destruir de vez, mas vai arrastar com ele ideais nobres de melhoria da vida dos trabalhadores e de uma política social mais digna para as minorias. Só o PT conseguiu colocar na agenda brasileira essa junção que trouxe para o mesmo leito as diretrizes trabalhistas da esquerda europeia, de cunho social democrata, e as diretrizes das políticas em favor de minorias, da esquerda americana de cunho liberal. Tudo isso pode ir água abaixo. Com o enfraquecimento da esquerda, a direita pode deitar e rolar no seu incentivo ao mundo de trabalho informal e desregulado, no seu silêncio diante dos que fazem discursos contra os direitos humanos e coisas do tipo. Dizer que hoje gente como FHC poderia conter um “Tea Party” unindo DEM e muita gente do PSDB é bobagem. O charme de FHC não conquista essa direita que emergiu agora, totalmente brucutu, pessoas que apoiadas por gurus que escrevem mal e citam o que não leram.

    Assim, de roubo em roubo o PT foi se elegendo e ao fim e ao cabo cumpriu não os desígnios de Marx, mas os de Weber. Foi este último que disse que as organizações burocráticas podem mesmo parar de funcionar no sentido de realizar seus fins para funcionar no sentido de automanutenção somente. Eis o PT! Hoje o PT não olha mais para o Brasil. Nem como desculpa. Tudo é feito pela sobrevivência.

    Não vai adiantar. A sobrevivência de um partido de direita é fácil de ocorrer junto com a corrupção. Sempre houve isso. A esquerda não tem essa prerrogativa. Para existir ela precisa ser virtuosa. A militância espontânea do PT, esta que recuperou a estrela na gaveta para dar mais um voto de confiança para Dilma, agora não vai mais acompanhar o partido. As pessoas não vão chorar na cela de Vaccari. Esqueçam.


Paulo Ghiraldelli, 57, filósofo.

Fonte: http://ghiraldelli.pro.br/

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47