LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO NAMORO APARECIDA CASAMENTOS EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES COMUNICADOS CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ POBREZA PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI SANTOANTÔNIO SANTUÁRIOS TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SOLIDARIEDADE UMUARAMA UNIDADE  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas HOMENAGENS MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Ordenação episcopal de monsenhor Luiz Gonçalves Knupp na Catedral de Maringá


    Brasília, CNBB - Nomeado para a diocese de Três Lagoas (MS), o padre Luiz Gonçalves Knupp recebeu a ordenação episcopal, na sexta-feira, dia 24, na catedral Basílica Menor de Nossa Senhora da Glória, em Maringá (PR), arquidiocese na qual era presbítero. A celebração foi presidida pelo arcebispo local, dom Anuar Battisti.


     O arcebispo de Salvador e vice-presidente da CNBB, dom Murilo Krieger, concelebrou a Eucaristia. Na homilia, relembrou a época de seu ministério episcopal na arquidiocese, quando realizou a ordenação presbiteral do novo bispo, e discorreu sobre a missão confiada pelo papa Francisco.

    “Uma vez ordenado, este nosso irmão será constituído verdadeiro e autêntico mestre da fé, pontífice e pastor. Se ser bispo é uma pesada responsabilidade, como não lembrar também que ele poderá contar com uma graça divina especial no cumprimento do seu ministério?”, sugeriu dom Murilo.

    Dom Murilo ainda explicou que o envio do novo membro do episcopado, que tem sua origem na cidade de Mandaguari (PR), ao Mato Grosso do Sul remete ao envio dos apóstolos a lugares que não conheciam. “Como eles, você poderá nos testemunhar que seu coração já está em Três Lagoas, que você já ama aquele povo, que você já o sente como seu, por ser um povo tocado e lavado pelo Sangue de Jesus Cristo”, disse.

    Dom Murilo enfatizou a unidade com o papa e todo o episcopado da Igreja no anúncio da mensagem de esperança. “Unido ao bispo de Roma, aos bispos do mundo inteiro, e particularmente aos do Brasil, sua tarefa será de anunciar ao mundo a esperança. E para nós a esperança tem um rosto e um nome: Jesus de Nazaré”, afirmou.

    Em seu discurso, o recém-ordenado agradeceu aos familiares e os que colaboraram na caminhada. Expressou, ainda, o desejo de "fazer a vontade de Deus".  “Sinceramente, observando meu interior, deparo-me com o grande desejo: fazer a vontade de Deus e a Ele me confiar inteiramente. Isso tem me confortado, iluminado, me dado paz. De forma ilustrativa, me sinto como tatos personagens bíblicos que, diante de Deus ou da missão, se sentiram amedrontados ou assustados. Por outro lado, depararam-se com sua pequenez, fragilidade, suas misérias humanas, por outro se sentiram irresistivelmente atraídos e envolvidos por Deus e por seu amor misericordioso”, descreveu dm Luiz Gonçalves Knupp.

“Eu vim para que todos tenham vida”
    O lema episcopal escolhido por dom Knupp é: “Eu vim para que todos tenham vida”. Ele contou, em seu pronunciamento, que o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, afirmou que o papa Francisco desejava um pastor que esteja junto das pessoas, com atenção especial aos mais necessitados e excluídos. “Neste chamado estava implícita uma missão que ia ao encontro desse lema do Bom Pastor que eu assumira na minha ordenação presbiteral”, analisou o novo bispo.

    Em sua ordenação, renovou o lema escolhido no sacerdócio e fez votos para a atuação em conformidade com as palavras escolhidas. “Que Deus continue me dando a graça de tê-lo, não como um lema, mas como um programa e atitudes concretas de vida. Que de fato minha vida e meu ministério possam possibilitar a todos participarem do projeto do Bom Pastor”, disse

Regional Oeste 1
    Representando o regional Oeste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o arcebispo de Campo Grande (MS), dom Dimas Lara Barbosa, ressaltou a acolhida do povo sul-mato-grossense para com os bispos missionários de suas dioceses. “Todos nós fomos muito bem acolhidos e eu tenho certeza que o senhor também o será, naquela diversidade tão gostosa da nossa gente, o senhor logo, logo se sentirá em casa. Que Deus abençoe o seu ministério”, desejou. O bispo auxiliar de São Paulo (SP), dom Edmar Peron, também concelebrou a ordenação.

Bispo de Três Lagoas
    Padre Luiz Gonçalves Knupp é paranaense, nascido em 29 de novembro de 1967, na cidade de Mandaguari (PR). Sua ordenação presbiteral ocorreu em 24 de abril de 1999. Possui Pós-graduação em Formação de Educadores pela Faculdade Jesuíta de Filosofia de Teologia. Na arquidiocese de Maringá exerceu a função de pároco nas paróquias Nossa Senhora de Guadalupe, Nossa Senhora de Fátima e paróquia Menino Jesus de Praga e São Francisco Xavier.

    Em sua caminhada sacerdotal, exerceu atividade de assessor arquidiocesano da Pastoral da Juventude até 2001, assessor dos diáconos permanentes e organizador e coordenador da Escola Diaconal e diretor Espiritual da Comunidade Emaús, de 2003 a 2004. Também foi diretor Espiritual do Seminário de Teologia Santíssima Trindade, em Londrina (PR), de 2007 a 2013, e membro da equipe de coordenação da Animação Bíblico Catequética do regional Sul 2, no mesmo período. Desde 2013 estava como membro da coordenação da Ação Evangelizadora da arquidiocese de Maringá e do Conselho Presbiteral.

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47