LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO NAMORO APARECIDA CASAMENTOS EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES COMUNICADOS CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ POBREZA PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI SANTOANTÔNIO SANTUÁRIOS TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SOLIDARIEDADE UMUARAMA UNIDADE  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas HOMENAGENS MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Conferência em Vitória (ES) discute desafios e propostas para as pessoas com deficiência


    Vitória, Redação/Paula M. Bourguignon - Com o objetivo de acompanhar e fiscalizar as ações direcionadas à pessoa com deficiência, foi realizada a 4ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, no dia 15 de abril, na Faculdade Salesiana. Na ocasião, foram apresentadas políticas públicas para aprimorar e solucionar os problemas vivenciados por esse público diariamente.

    Representantes da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade), Conselho Municipal em Defesa Direitos das Pessoas com Deficiência (Comped) e Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Espírito Santo (Condef) estiveram presentes para discutir o tema "Os Desafios na Implementação da Política com Deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos".

Presença do representante do Conselho Nacional do Direito das Pessoas com Deficiência (Conad), Luiz Cláudio Pereira 


    O secretário municipal de Assistência Social, Marcos Marinho Delmaestro, disse que a proposta da conferência é fortalecer o diálogo. "É importante fortalecer o diálogo e entender as políticas públicas que estão sendo feitas para garantir os direitos da pessoa com deficiência, além de discutir o que precisa ser melhorado a nível municipal e estadual".

    A secretária municipal de Desenvolvimento da Cidade, Lenise Loureiro, disse que a gestão já está cuidando das questões ligadas às pessoas com deficiência. "Estamos trabalhando nas notificações e atuando na fiscalização de prédios públicos e próprios para regularizar cada calçada e suas especificações para melhor atender os munícipes".

Construção de propostas
    A gerente da Casa dos Conselhos, Geruza Ster Vieira Narciso, ressaltou a importância do evento. "É um espaço de escuta, de avaliação e de construção de propostas para assegurar o cumprimento dos direitos das pessoas com deficiência na perspectiva do diálogo e da intersetorialidade das políticas públicas".

Inclusão
    O presidente do Comped, Rogério Eller, afirmou que a proposta é a inclusão de todos os munícipes na sociedade. "O que queremos hoje é a inclusão de todas as pessoas. Todos têm o direito de vida ativa na sociedade. Atualmente, somos 46 milhões de cadeirantes no Brasil. Todos devemos ter o direito de estudar e trabalhar, além de ter acesso a infraestrutura adequada, segurança, transporte e hospital de qualidade".

    O vice-presidente do Comped, Jorge Rodrigues, acredita que a conferência traga resultados efetivos. "Está escrito na Constituição Federal que todos têm o direito de ir e vir. Então, queremos que a pessoa com deficiência tenha autonomia, não dependa tanto da ajuda de terceiros".

   Representante do Conselho Nacional do Direito das Pessoas com Deficiência (Conad), Luiz Cláudio Pereira ponderou: "Queremos mobilizar as pessoas a se conscientizarem mais dos seus direitos".

Respeito
    O casal Taís Von e Humberto Cristelli participou do evento e pediu mais respeito. "O deficiente precisa ser mais respeitado. Às vezes, precisamos contar com a ajuda dos outros nas ruas", disse Humberto.

    Alzemira Ribeiro Santos, 54, que é deficiente visual, faz aula de música e massagem, pois acredita que não pode ficar ociosa. "Não gosto de depender de ninguém. De manhã, vou tomar injeção no hospital, porque tenho diabetes. Faço aulas de massagem, aprendi a alongar, mexer meus músculos, minha cabeça e meu corpo todo".

    José Olympio Rangel Barreto participa do movimento organizado de valorização da acessibilidade e destaca a importância do evento. "Queremos o direito de ir e vir e de acessibilidade a todos".


Programação
    Houve uma reprogramação da apresentação dos eixos temáticos da Conferência Municipal, que serão apresentados nesta sexta-feira (17), a partir das 8 horas, na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na rua João Bastos Vieira, Ilha de Santa Maria. Veja aqui.

Eixo I: Gênero, raça e etnia, diversidade sexual e geracional;
Eixo II: Órgãos gestores e instâncias de participação social;
Eixo III: A interação entre os poderes e os entes federados.
Na ocasião, aconteceram também as deliberações e a eleição dos delegados para a Conferência Estadual. (Fotos: Carlos Antolini)

Presença salesiana
    No início do mês de abril, a Presença Salesiana de Vitória sediou a IV Conferência Municipal da Pessoa com Deficiência. O tema abordado foi “Os Desafios na Implementação da Política da Pessoa com Deficiência: a transversalidade como radicalidade dos direitos humanos”. A conferência foi realizada no auditório da Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo.

    Para compor a mesa de abertura, estavam presentes o Presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Vitória, Comped, Rogério Eller, e o representante da Faculdade Católica, Professor Adelino Quinamor, que saudou todos os presentes em nome dos Salesianos.

    O envolvimento da Presença Salesiana nos momentos de conferências no ano de 2015 representa a participação e implicação nas temáticas relacionadas ao campo da assistência social e o atendimento e atenção aos grupos de usuários preferenciais que se encontram em risco e vulnerabilidade.

    Após a saudação da mesa, teve inicio a Conferência Magna com a participação do Representante da Associação Brasileira de Rugby em Cadeira de Rodas, Coordenador da Comissão de Orçamento e Finanças Públicas (COF) e conselheiro nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência do CONADE, Luiz Cláudio Alves Pereira.

Fonte: CESAM/ES

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47