LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO CASAMENTOS NAMORO APARECIDA EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS COMUNICADOS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI POBREZA SANTOANTÔNIO TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SANTUÁRIOS SOLIDARIEDADE UMUARAMA  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA UNIDADE VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos HOMENAGENS IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Monsenhor Bernard Gafá, missionário de Malta, celebra 50 anos de sacerdócio



"Cinquenta anos se passaram como um sonho, sou muito feliz aqui", diz Gafá. Jubileu de Ouro será comemorado hoje com missa na Catedral Metropolitana de Londrina

    Londrina, Folhaweb/Antoniele Luciano - Foi com 21 anos de idade que o monsenhor Bernardo Gafá decidiu deixar família e amigos em Malta, uma pequena ilha no Mediterrâneo, para cruzar o Oceano Atlântico rumo ao Brasil. A missão era clara – exercer o sacerdócio num país de dimensões continentais e que, naquela época, contava ainda com poucos padres. Era apenas o início de uma jornada que culminaria hoje nos 50 anos de ordenação do maltês naturalizado brasileiro. Para celebrar o Jubileu de Ouro, a Catedral Metropolitana de Londrina, da qual o monsenhor é pároco, realiza uma missa, às 19 horas, com o arcebispo dom Orlando Brandes.

    A conclusão da formação sacerdotal do monsenhor Bernard Gafá, hoje com 75 anos, ocorreu em terras brasileiras. Em 1961, ele chegava com outros quatro seminaristas de Malta ao Rio de Janeiro. O grupo, que viajou a convite de d. Geraldo Fernandes, o primeiro bispo da Diocese de Londrina, deixava um inverno rigoroso para encontrar uma temperatura de 42ºC em seu destino final. Durante os quatro primeiros anos, Gafá cursou Teologia no Seminário Maior de Curitiba, de onde vinha para Londrina aos finais de semana. Aos poucos, foi se acostumando com a cultura de seu novo país. Nem o idioma, segundo ele, foi barreira neste processo de adaptação. "Nunca tinha estudado português nem fiz aula aqui. Fui aprendendo sozinho, de ouvir e repetir", conta.

    A ordenação sacerdotal aconteceu no dia 4 de julho de 1965, durante missa presidida por d. Geraldo. Gafá foi designado pároco da Paróquia Imaculada Conceição, em Londrina. Permaneceu por dez anos na comunidade, até assumir, em 1977, o Seminário Paulo VI. Trabalhou com a formação de novos padres por mais uma década. E, nos últimos 28 anos, tem atuado como pároco da Catedral Metropolitana de Londrina. Nesse período, recebeu do Papa João Paulo II o título de monsenhor, honraria concedida por serviços prestados à Igreja. Também recebeu o título Cidadão Honorário de Londrina, concedido pela Câmara de Vereadores.

    "Cinquenta anos se passaram como um sonho, sou muito feliz aqui. Meu pai tem um ditado que diz que aqueles que Deus ama, Ele lhes dá oportunidade de fazer o bem. Ele me deu oportunidade de fazer o bem a muitas pessoas", define o monsenhor, ao reforçar que, se precisasse, teria feito tudo de novo. "É muito bom repartir com os outros a paz e a bondade de Deus."

    Do grupo de seminaristas de Malta que desembarcou no Brasil com Gafá, o monsenhor Joseph Agius, pároco em Rolândia, também completa hoje 50 anos de ordenação sacerdotal. Os demais religiosos já faleceram. (Foto: Marcos Zanutto)

Deputado Hauly registra homenagem ao 
monsenhor Bernard Carmel Gafá:

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47