LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação SAÚDE MÚSICOS POLÍTICA CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA EXORCISMO PORTUGAL COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO CASAMENTOS NAMORO APARECIDA EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS POESIAS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL EVANGELIZAÇÃO PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS COMUNICADOS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI POBREZA SANTOANTÔNIO TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SANTUÁRIOS SOLIDARIEDADE UMUARAMA  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA UNIDADE VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos HOMENAGENS IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Mulher: a última criação de Deus


Leia o artigo do professor Felipe Aquino:
“É mais importante agradar a Deus do que aos homens” (At 4,19)
    Recentemente, recebi pela internet um texto interessante, não sei quem é o autor, mas achei interessante transcrever aqui para que pudéssemos refletir: “Quatro mulheres foram em uma reunião usando roupas muito indecentes que mostraram muito bem seus corpos. O líder do lugar deu-lhes uma boa olhada e disse-lhes para se sentar. Depois de olhar nos olhos delas disse algo que nunca vou esquecer na vida: – Senhoras, tudo o que Deus tem feito valioso neste mundo é bem coberto e difícil de ver, encontrar ou obter. Por exemplo:

 
  Onde você pode encontrar os diamantes? No fundo de uma caverna, coberta e protegida. Onde estão as pérolas? No oceano, coberto e protegido em uma bela concha.

    Onde você pode encontrar ouro? Sob a terra, coberto com camadas de rocha e para obtê-lo você tem que trabalhar duro e cavar fundo.

    Ele tendo dito isso, se virou para olhá-las atentamente e falou:
– Seu corpo é sagrado e único. Você é mais preciosa do que o ouro, diamantes e pérolas, e deve ser coberto também. E se você se preservar, se você mantiver seus preciosos minerais como ouro, diamantes e pérolas profundamente cobertos, uma mineração organizada e respeitável com a maquinaria necessária vai realizar anos de exploração extensiva.

    Primeiro você terá contato com o governo (a família), vai assinar contratos profissionais (casamento) e desenhar profissionalmente (casamento civil). Mas se você deixar seus preciosos minerais na superfície da terra, você sempre irá atrair um grande número de mineiros ilegais para entrar e explorar ilegalmente …

    Vista-se bonita, mas decente! Seu corpo é bonito, seu corpo é um tesouro, e um dia um homem bom, digno de descobrir você vai se sentir feliz em fazê-lo…”

Lendo esta reflexão, lembrei-me de uma frase do Papa São João Paulo segundo às mulheres: “Esconda a beleza do teu corpo para que as pessoas apreciem a beleza de tua alma”.

    Isso é uma grande verdade. Sempre me impressionou o fato da mulher ser a última criação de Deus. Sempre vi nisso algo de especial. Ora, se Deus criou o mundo em “seis dias”, e foi fazendo tudo surgir numa ordem crescente de perfeição: minerais, vegetais, animais, homem e mulher; então, a mulher é a mais linda criação de nosso Pai. Isto me faz entender um pouco melhor a sua beleza, e também as suas dores. De um lado é a mais linda das criaturas, não só na beleza do corpo, dos olhos, dos cabelos, das mãos, que fascinam os homens; mas especialmente pela beleza do seu espírito: delicada, sensível, doce, detalhista, suave e frágil como uma flor de pessegueiro, mas, às vezes, paradoxalmente, rígida e forte como uma lâmina de aço. Ela é a mais linda flor que o divino Jardineiro plantou nesta Terra; foi criada para ser mãe, tal como a terra para dar o fruto. A mulher traz um toque especial do criador, por isso, precisa cada vez mais conhecer o seu valor e saber se preservar.

    No entanto, se a mulher quiser exaltar e mostrar seu corpo, pode ser que os homens não prestem atenção em seus valores intelectuais, morais e espirituais. Se ela ressaltar seu aspecto sexual, pode ser que eles valorizem mais suas formas físicas que a sua bondade; se usarem roupas provocantes para marcar e modelar o seu corpo, pode ser que eles valorizem mais seu exterior do que seu interior, mais suas “curvas” do que o seu caráter… e tudo isso acaba por desvalorizá-la. Sinto que algumas mulheres não percebem que são levadas por uma moda que lhes leva a se vestir de uma maneira não adequada. A falta de pudor, provoca instintos e paixões, e fere a dignidade humana. A pureza do coração é a qualidade que nos permite ver o verdadeiro valor do outro.

    Jesus disse aos homens: “Todo aquele que olhar para uma mulher com desejo malicioso já cometeu adultério com ela em seu coração” (Mt 5,28). Ora, isto torna-se para os homens algo mais difícil de viver se as mulheres se vestirem de maneira inconveniente. Digo isso, porque já ouvi muitos homens que querem viver a castidade, reclamando disso.

    A falta de pudor, provoca instintos e paixões, e fere a dignidade humana. Eu noto que no Brasil esta tendência é muito mais exagerada que em outros países em que já estive. Não há que se opor ao uso de roupas decentes para a praia, piscina, ginástica, etc., cada ambiente exige um tipo de roupa adequada, desde que se evite a imoralidade.

    O corpo humano é criatura de Deus; é “templo do Espírito Santo” (1 Cor 3,16; 1 Cor 6,15.19) e traz em si as marcas da sabedoria do Criador. Mas dentro do ser humano, a afetividade nem sempre obedece à razão. Daí a necessidade de se evitar a excitação sensual. É preciso cuidar de nossa alma, mas também não podemos esquecer do nosso corpo. Se nos vestimos mal, de forma inadequada, podemos provocar pensamentos e atos impróprios e impuros. Aquele que olha com malícia deve cuidar para que lute contra isso, mas aquele que é olhado também precisa refletir, ter compaixão e se colocar no lugar do outro. Será que não estou sendo motivo de queda para o meu irmão?

    A Sagrada Escritura ensina que Deus constituiu os primeiros pais em estado de santidade e filiação divina (“justiça original”), havia uma harmonia perfeita consigo mesmo, com a natureza e com Deus; então estavam nus, mas não sentiam rubor por isto (cf. Gn 2, 25); possuindo a amizade e a graça de Deus, desfrutavam de harmonia em si mesmos ou em seus instintos. Mas nossos primeiros pais pecaram, não se mantendo na fidelidade a Deus. Uma das consequências deste ato de rebelião é assim descrita pelo texto sagrado: “Abriram-se os olhos aos dois e, reconhecendo que estavam nus, prenderam folhas de figueira umas às outras e colocaram-nas como se fossem cinturões à volta de seus rins” (Gn 3, 7).

    O homem sente vergonha de sua nudez em consequência do pecado, ao passo que antes deste não o sentia. O pecado despojou o homem da amizade e da graça de Deus, que o tornavam harmonioso. Para evitar as manifestações desta desarmonia, o homem passou a usar veste.

    O Catecismo da Igreja nos ensina, quando trata da castidade que: “A pureza exige o pudor. O pudor preserva a intimidade da pessoa, e consiste na recusa de mostrar aquilo que deve ficar escondido. Está ordenado à castidade, exprimindo sua delicadeza. Orienta os olhares e os gestos em conformidade com a dignidade das pessoas e de sua união” (n.2351).

“O pudor inspira um modo de viver que permite resistir às solicitações da moda e à pressão das ideologias dominantes” (n.2323).

 “A pureza cristã requer uma purificação do clima social. Exige dos meios de comunicação social uma informação que não ofenda o respeito e a modéstia” (n.2325).

    A moda feminina, muitas vezes, procura mostrar e acentuar as partes do corpo da mulher que mais devem ser escondidas e não exaltadas. Então, há de se fazer um filtro; “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém” (1Cor 6,12).

    Enfim, as mulheres cristãs devem se nortear por aquilo que disse Exupèry: “O essencial é invisível aos olhos”. O poder das mulheres não está na sua sexualidade, mas na sua humanidade; então, ela deve procurar sua realização naquilo que é imperecível. “É mais importante agradar a Deus do que aos homens” (At 4,19).

Prof. Felipe Aquino
Escritor católico. Prof. Doutor da Universidade de Lorena.
Membro da Renovação Carismática Católica.

Fonte: http://solpaz.blogs.sapo.pt/

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47