LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA EXORCISMO PORTUGAL COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO CASAMENTOS NAMORO APARECIDA EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS POESIAS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL EVANGELIZAÇÃO PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS COMUNICADOS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI POBREZA SANTOANTÔNIO TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SANTUÁRIOS SOLIDARIEDADE UMUARAMA  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA UNIDADE VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos HOMENAGENS IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Tema da Semana de Oração pela Unidade Cristã: “Reconciliação: É o amor de Cristo que nos move”


    Brasília, CNBB - Dom Francisco Biasin, bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, fala sobre a preparação para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristã (SOUC), que este ano acontece entre os dias 28 de maio a 04 de junho. O tema central da Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC) é “Reconciliação: É o amor de Cristo que nos move”.


O que motiva esta reflexão 
do tema central? Como andam os preparativos em torno da Semana?
    O que nos motiva é a comemoração dos 500 anos da Reforma. Ao longo desses 5 séculos houve desconfiança, julgamentos, condenações recíprocas e até guerras onde milhares de pessoas perderam a vida, imiscuindo, na maioria as vezes, religião e interesses sócio-políticos e econômicos. Reconciliação é a palavra da Escritura que inspira atitudes concretas de perdão mútuo, de purificação da memória e de instauração de um novo tempo de diálogo, colaboração e testemunho de fraternidade em vista da unidade plena em Cristo. Confiamos na graça de Deus que nos chama à conversão e na resposta generosa das Igrejas para que isso possa acontecer.

A Reforma não foi um evento histórico isolado. Ela ocorreu em um contexto de muita efervescência social, política e religiosa, assim como os tempos de hoje, que também se caracterizam por conflitos, muitos deles legitimados em nome de religiões. A temática busca despertar essa reflexão sobre o amor de Cristo e sua relação com a reconciliação?
    Todas as Igrejas precisam de uma constante reforma. Por isso não queremos apenas comemorar o início da Reforma, mas celebrar a reforma em ato em todas as Igrejas e estimular todas elas a continuar e reforçar o caminho de uma reforma que possa abranger todas as dimensões da vida cristã: a reflexão teológica, a vida litúrgico-sacramental, a vida e a organização eclesial com seus ministérios, carismas e serviços, o testemunho cristão no mundo na espera da segunda vinda do Senhor, o diálogo Igreja-sociedade e assim por diante. No Brasil, além do CONIC, é muito atuante a CESE (Coordenadoria Ecumênica de Serviço) que, como diz o nome, coordena e gerencia serviços de promoção humana e defesa da vida em todas as Igrejas cristãs, através de projetos sustentados com recursos vindos do Brasil e do exterior.

A Semana de Oração pela Unidade Cristã pode ser considerada um desses exemplos? Quais são as outras experiências?
    É claro que a Semana de Oração pela Unidade Cristã é um forte incentivo e um grande testemunho desse compromisso que os fiéis de muitas Igrejas assumem. A oração é a característica marcante do “ecumenismo espiritual”, pois a unidade não é uma conquista nossa, mas um dom de Deus dado à sua Igreja. O próprio Jesus pediu esta unidade em oração: “Pai, que todos sejam um para que o mundo creia!” (Jo 17, 21). Outras experiências são frutos de iniciativas que acontecem no dia a dia da vida dos fiéis e das comunidades cristãs. Uma experiência significativa é a do ENCRISTUS, um evento que surgiu quase de forma espontânea e que este ano alcançou a sua décima edição. Trata-se de um encontro de oração, reflexão e convivência de cristãos de várias Igreja em busca da unidade e da santidade, que agrupa fiéis e pastores de várias igrejas. A vontade de Deus, manifestada em Cristo Jesus, é que “todos se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Tim 2,4). Este encontro se propoe realizar e testemunhar esta vontade do Senhor.

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47