LEIA A BÍBLIA

ORATÓRIO

ORATÓRIO
Acenda uma vela

SIGA-NOS

twitter

MARCADORES

RIODEJANEIRO SANTOS NOTÍCIAS VATICANO ARTIGOS LONDRINA VICENTINOS FAMÍLIA JMJ MEMÓRIA BEATIFICAÇÃO HOMILIAS ECUMENISMO Formação POLÍTICA SAÚDE MÚSICOS CNBB ECONOMIA Pe.REGINALDO CINEMA CAMPANHAS EUA ESPIRITUALIDADE MINASGERAIS PASTORAIS SÃOPAULO ABORTO CANÇÃONOVA LIVROS ORAÇÕES CURITIBA JUVENTUDE MARINGÁ MISSÕES POLÍCIA PORTUGAL EXORCISMO COMUNICAÇÃO MULHER Testemunho Entrevista INTERNACIONAL JUNDIAÍ VOCAÇÕES MUDABRASIL FUTEBOL MENSAGENS Pe.ZEZINHO UNIVERSITÁRIOS DireitosHumanos EUCARISTIA APOLOGÉTICA DENÚNCIA TEOLOGIA HUMOR INTERNET MILAGRES BÍBLIA ECOLOGIA CANONIZAÇÃO CASAMENTOS NAMORO APARECIDA EDUCAÇÃO MOVIMENTOS PASTCRIANÇA ANCHIETA CIMI CIÊNCIA CORRUPÇÃO ESPORTE POESIAS Rio+20 SALVADOR SANTAMARIA TURISMO VATICANOII APOSENTADOS CRIANÇAS EVANGELIZAÇÃO FINADOS INFANTIL IRMÃDULCE PALOTINOS ADVOCACIA AGRICULTURA CARNAVAL PORTOALEGRE PSICOLOGIA TEATRO AMAZONAS BENFEITORES BRASÍLIA COMEMORAÇÕES CRÔNICAS DEMOCRACIA DIREITOS DOCUMENTÁRIO FOCOLARES FORTALEZA MEIOAMBIENTE MUTICOM PARANAGUÁ PUBLICIDADE QUARESMA SEXUALIDADE XAVERIANOS ÁFRICA ÁGUAS ANÔNIMOS APUCARANA CAMPINAS COMUNICADOS CONFISSÃO CristoRedentor CÁRITAS DEFICIENTES DEPRESSÃO FLORIANÓPOLIS FOTODIGITAL INGLATERRA OpusDei PARAGUAI POBREZA SANTOANTÔNIO TERRORISMO ANIVERSÁRIO APARIÇÕES ARGENTINA CEBs CIDADANIA CLARETIANOS IDOSOS ISLAMISMO JERUSALÉM JOÃOPAULOII JUSTIÇA LITERATURA MANAUS PARANÁ PARÓQUIAS PAULINAS PENSAMENTOS REDEVIDA RESSURREIÇÃO SANTUÁRIOS SOLIDARIEDADE UMUARAMA  NOTÍCIAS ADOÇÃO ATEÍSMO AUTOESTIMA BAIXOCLERO CANTORES CATEQUESE COOPERATIVISMO CORPUSCHRISTI CÉLULAS DOCUMENTOS DOUTRINASOCIAL ESCÂNDALO ESTATÍSTICA FILOSOFIA GASTRONOMIA GotasBíblicas MARISTAS MEDITAÇÃO MESTERS MIGRANTES MOTIVAÇÃO MÉXICO NSGUADALUPE PECADO PEDOFILIA PadreChrystian RELIGIOSOS RENOVAÇÃO SUDÁRIO SãoFreiGalvão TABAGISMO TERRASANTA UNIDADE VIOLÊNCIA BEATIFICAÇÃO ACONSELHAMENTO ADORAÇÃO ANTICRISTO APAEs APOSTAS APOSTASIA ARMÊNIA AUTOCURA AVAAZ BATIZADOS BEAGÁ BIOGRAFIAS CHILE CHINA CIRCO COLÔMBIA CONSAGRAÇÃO CONVERSÃO CÍRCULOS DEBATE DEMOGRAFIA EMPRESAS ESPANHA EUROPA EVANGELISMO Especial FOZDOIGUAÇU FREIBETTO FREIDAMIÃO FRUTAS FÁTIMA GOIÂNIA GREVE GruposBíblicos HOMENAGENS IDEIAS IMPEACHMENT JESUITAS JOINVILLE LITURGIA LOURDES MARANHÃO MATOGROSSO MISERICÓRDIA MSM NÔMADES OAnônimo ONGs P.CARCERÁRIA PADROEIRA PATERNIDADE PAULOFREIRE PERFIL PERNAMBUCO PETRÓPOLIS PHN PIAUÍ POLIGAMIA PORNOGRAFIA PPI PROFISSÕES PROMESSAS PROSPERIDADE Pe.FÁBIOdeMELO Pe.PauloRicardo Prof.MARINS REDEGLOBO RELÍQUIAS RONDÔNIA RUSSIA SACRILÉGIO SANTACATARINA SANTAMISSA SANTAPAULINA SANTOANDRÉ SEGURANÇA SOBRIEDADE SOROCABA SÍNODO Século21 TAUBATÉ TECNOLOGIA TERCEIROSETOR TURQUIA UNESCO VIDANIMAL ZUMBI

Ocidente caminha para o abismo




Por Humberto Pinho da Silva

    Muito se tem escrito sobre as causas da violência no lar, e a degradação progressiva da Escola. E debate-se, muitas vezes, na TV, o perigo que há na perda de velhos valores, que eram apanágio do nosso povo. Mas quem toma medidas? Poucos ou nenhuns.

    Raro é o jornal, que não trate de tema relacionado com o sexo. Não para esclarecer e educar – como seria normal, – mas no único intuito de aumentar as vendas. Parte desses artigos “didáticos” não passam de pornografia dissimulada. São textos ilustrados com fotos provocantes, escritos, em muitos casos, em linguagem de bordel.


    As telenovelas – que outrora entretinham a família, – são agora, acérrimas defensoras da “ Nova Moral”; incutindo comportamentos indignos, e quantas vezes, pretendendo levar ao ridículo, jovens respeitadores e virtuosos.

    De tanto presenciar cenas escabrosas e violentas, a nossa sociedade, começa a ficar anestesiada. Aceitando, como habitual a anormalidade. A honradez, a honestidade, os valores, que enobreceram a nossa gente, são agora, desprezadas; e raros são os que pretendem transmiti-las aos descendentes.

    Abandonou-se Deus. A maioria das figuras públicas, declaram-se, orgulhosamente, agnósticas. Substituíram Deus pelo: dinheiro, sexo e tecnocracia.

    A mulher, a mãe, que foi, durante séculos, a âncora da família, perdeu a noção do pudor. Muitas, são provocantes, e usam o corpo para obterem vantagens. Deste jeito, a Família, degrada-se e desagrega-se. E se a Família está doente, a Nação sofre. O que é a Pátria, se não o conjunto de famílias?

    Todos sabemos que as normas cristãs sempre foram o travão disciplinador da coletividade. As leis Ocidentais, foram, quase todas, baseadas no cristianismo. O abandono desses princípios, e o desrespeito dessas regras, leva-nos ao vazio. Vazio preenchido por deuses mundanos, e por crenças e costumes em voga no Oriente e Médio - Oriente.

    Vivemos numa sociedade onde cada qual busca: prazer e dinheiro. Dinheiro para viajar e divertir-se. Onde se ludibria, sem pejo, o próximo, para obter lucros ilícitos.

    Os próprios sacerdotes e educadores, tornaram-se, agora, complacentes...; alguns, até pregam a “Nova Moral” ou libertinagem, que pode parecer a demanda da felicidade, mas é quimera, que nos leva a puras ilusões.

    Deixamos, também, de frequentar o culto, e de pedir o auxílio de Deus; mas, em contrapartida, corremos aflitos ao consultório do psicólogo... As doenças mentais, a toxicomania, os barbitúricos, as benzodiazepinas , procurados em exagero, são a prova real do maléfico da “ Nova Moral”.

    Perdemos, lentamente, a noção do “ Bem” e do “Mal”; do que é Moral e Imoral, e o resultado
dessa perda, é o crescente amancebamento, e o beneplácito pelo concubinato, das autoridades e educadores.

    Durante décadas a midia realizou verdadeira lavagem ao cérebro, à nossa mente, tentando destruir os valores cristãos. O resultado, foi: o abandono da educação disciplinadora; a perda do hábito de orar em família; e de não se ler, diariamente, a Bíblia.

    Os que ainda se dizem crentes, têm, para si, um deus fantasioso, moldado ao desejo; e não o
Deus Verdadeiro, o Deus Bíblico. Se queremos salvar a nossa civilização, tal como a recebemos dos nossos maiores, temos que regressar às origens: beber a doutrina no Novo Testamento. Ensinar nas Igrejas e na Escola, as normas que serviram de bitola para construir a Civilização Ocidental.

    Não basta dizermos que acreditamos em Deus (como no dinheiro Americano); temos que seguir as regras que Ele nos deu na Bíblia. Se as autoridades, os educadores, os sacerdotes, os pais, os professores, assim fizerem, teremos, no futuro: mais justiça, mais honestidade, mais Paz: no coração, no lar e na via pública. Caso contrário, caminhamos para o abismo. Para o colapso do Ocidente.

Humberto Pinho da Silva,
Jornalista de Portugal, responsável pelo Blogue Luso-brasileiro "Paz"
http://solpaz.blogs.sapo.pt/

0 comentários:

SUPLEMENTO

Edição 47